The Perks of Being a Wallflower, de Stephen Chbosky

Sinopse: Charlie é um caloiro. E ainda que ele não seja o maior nerd da escola, ele não é, de todo, popular. Tímido, introspectivo e com uma inteligência incomum para a sua idade, é, contudo, socialmente desajeitado, um "wallflower", preso entre tentar viver a sua vida e tentar fugir dela. 
Charlie está a tentar navegar o seu caminho através de território inexplorado: o mundo das primeiras saídas e cassetes personalizadas, dramas familiares e novos amigos; o mundo do sexo, das drogas e de The Rocky Horror Picture Show, quando tudo o que uma pessoa precisa é aquela canção perfeita naquela perfeita viagem de carro para nos sentirmos infinitos. Mas Charlie não pode ficar sobre a linha lateral para sempre. Permanecer nas margens da vida oferece uma perspectiva única. Mas chega uma altura em que tem de se olhar do meio da pista de dança. As Vantagens de Ser Invisível é uma história profunda sobre o crescimento, que trará de volta àqueles loucos dias conhecidos como crescer.


Opinião: O maior erro que qualquer leitor ávido (e apaixonado por livros) pode fazer: vi o filme antes de ler o livro. Felizmente para mim, uma vez que a minha memória a longo prazo é um pouquinho má, e porque só vi o filme uma vez, esqueci completamente tudo o que tinha visto!
Este é, sem dúvida, um dos melhores livros que eu já li! É um livro que todos se podem relacionar de alguma forma, porque todos nós já fomos adolescentes e todos já passámos pelas mesmas provações que os adolescentes (normalmente) passam.
Este é um livro que celebra o facto de se ser diferente e peculiar, e que nos ensina a abraçar essa peculiaridade e a olhar além da superfície.
Apesar de tudo, eu não quero falar muito sobre este livro por medo de estragá-lo, pois acredito que a leitura deste livro é uma experiência que toda a gente, e mesmo TODA A GENTE deve ter, pelo menos, uma vez na vida. 

Tudo o que vou dizer, no entanto, é que ADOREI este livro e recomendo-o completamente!!! (e a edição que li, em cima na foto, é LINDA DE MORRER!)



Edição/reimpressão: 2009
Páginas: 224
Editor: Simon & Schuster Ltd.
ISBN: 9781847394071
Idioma: Inglês





Classificação: 5/5 estrelas
Review no Goodreads



Thirteende Tom Hoyle

Sinopse: Não recomendado para crianças menores de 12 anos de idade. Nascido à meia-noite, em Londres, no início do novo milénio, Adam é o alvo de um culto que acredita que os meninos nascidos nesta data devem morrer antes do final do seu décimo terceiro ano. Doze rapazes foram mortos até agora. Coron, o líder do culto louco, não irá parar até conseguir o que quer: o nascimento de um novo reino. E agora está a planejar um extravagante atentado em Londres para celebrar o sacrifício da sua última vítima: Adam. Treze é o primeiro livro de uma emocionante série de acção e a obra de estreia do autor Tom Hoyle.

Opinião: A premissa deste livro é, no mínimo, cativante! A execução? Bom, talvez, não tanto!
Não me interpretem mal, eu até gostei do livro e estou, na verdade, entusiasmada e curiosa para saber o que acontece no próximo livro (intitulado Spiders), no entanto achei que este livro teve um final muito rápido, muito abrupto.
Em Thirteen, é-nos contada a história de Adam, um rapaz que nasceu ao som das dozes badaladas do novo milénio, em Londres, que se torna, então, o alvo de um culto que acredita que meninos nascidos nesta data devem ser mortos antes de se tornarem homens - ou seja, antes de completarem quatorze anos.
Assim, seguimos Adam e acompanhamos como ele é perseguido e como tenta desesperadamente sobreviver, enquanto tenta também perceber o que está a acontecer com ele e porque é que está a acontecer.
Embora a acção tenha sido muito emocionante e conseguiu manter-me constantemente agarrada ao livro para saber o que acontecia a seguir, à medida que me aproximava do fim, achei que tudo aconteceu tão depressa que acabou por me deixar algo desapontada! Atenção, a acção durante todo o livro é rápida, e só tem piada assim, pois há que acompanhar a tensão da perseguição. No entanto, estava à espera de um pouco mais no final e deixou-me com aquela sensação de ser um final incompleto. Claro que esta sensação é, se calhar, propositada, uma vez que este livro tem continuação. Assim, apenas posso dizer que estou curiosa para ver como esta história realmente se desenrola e termina (terminará realmente?) no próximo livro.

Devo também acrescentar que fisicamente este livro é lindíssimo. Adoro livros que tenham as bordas das páginas pintadas, e este livro é um deles. Como não tinha nenhuma fotografia disponível, retirei uma da net para vos mostrar o quão lindo é este livro (fisicamente). Espero que gostem!


Caso estejam interessados no livro, é só carregarem no título do mesmo (em cima) que serão redireccionados para o site da Wook. Se preferirem, deixo-vos aqui também o link deste livro no BookDepository (já que o preço é mais acessível e os portes são gratuitos).


Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 336
Editor: Pan MacMillan
ISBN: 9781447250449

Idioma: Inglês


Classificação: 3/5 estrelas
Review no Goodreads


Voo da Cotoviade Kathryn Erskine


Sinopse: Caitlin é uma menina de dez anos muito especial. Por sofrer da síndrome de Asperger, tudo o que não seja a preto e branco é-lhe confuso. Dantes, quando as coisas se tornavam confusas, Caitlin podia contar com a ajuda do irmão mais velho, Devon. Mas Devon morreu e o pai está tão perturbado que não lhe consegue estender a mão. É então que um dia Caitlin ouve a expressão «fazer o luto» e percebe que é exatamente aquilo de que precisa. Mas, para consegui-lo, terá de descobrir que o mundo está na realidade cheio de cores - estranhas e belas. 

Opinião: Sempre me interessei por este tipo de temas, portanto quando li a sinopse deste livro, fiquei imediatamente interessada.

Neste livro, é-nos contada a história de Caitlin, uma menina de 10 anos com síndrome de asperger e que perdeu recentemente o seu irmão. O irmão era a ponte que ligava Caitlin ao mundo, que a ensinava os comportamentos que ela deveria ter, o que ela deveria ou não dizer; com a ausência dele, a menina começa a sentir-se sozinha e perdida. Com o passar do tempo, ela vai apercebendo-se da importância de "fazer o luto" - um conceito que ela não fazia a mínima ideia do que significava.

Esta foi, sem dúvida, uma leitura muito cativante para mim. Adorei este livro! A sua beleza reside na sua simplicidade, pois este não é apenas um livro sobre Asperger's e sobre luto; vai muito mais além, abordando a importância da família e da amizade. Aliás, a leitura deste livro tornou-se ainda mais gratificante e importante para mim, uma vez que eu conheci uma pessoa com este síndrome, e na minha inocente ignorância, eu não entendia o que realmente significava ter Asperger's. Não é uma doença, mas um distúrbio mental, uma maneira, uma perspectiva completamente diferente de ver e encarar o mundo. Tornou-se portanto não só interessante, mas também crucial ver o mundo através dos olhos da pequena Caitlin.


Escusado será, então, dizer, que altamente recomendo este livro FANTÁSTICO!


Caso estejam interessados em adquirir este livro, é só carregar no título que serão redireccionados para a página da Wook.




Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 180
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722348515


Classificação: 5/5 estrelas
Review no Goodreads


Olá a todos!


Hoje venho mostrar-vos a conclusão da maratona literária em que participei durante a semana de 10 a 16 de Agosto. O objectivo era bastante óbvio pois tal como o hashtag indica, tínhamos de ler 5 livros em 7 dias. Esta maratona foi criada por @lottelikesbooks do Instagram.

Comecei com uma lista algo ambiciosa e como comecei a ter alguns problemas em relação ao tempo que tinha para ler, acabei por trocar alguns dos livros.



Esta foi a primeiríssima maratona literária na qual participei e consegui terminar este desafio com sucesso!! E os livros que li foram:





Deixei-vos os links das versões portuguesas dos livros (se existirem) caso estejam interessados em saber um pouco mais sobre eles e/ou adquirir. O último recebi uma cópia digital do NetGalley para que pudesse ler em troca de uma opinião honesta, no entanto deixei o link do BookDepository pois lá ele já está disponível.
As opiniões aos mesmos vêm já a seguir!!!


Já leram algum? E gostaram? 




Até à próxima!
Boas leituras e um beijinho!
Pat^^
Olá a todos!
Durante a semana de 10 a 16 de Agosto estive a participar numa maratona literária criada por @lottelikesbooks do Instagram.
Esta era a minha TBR (To Be Read list) inicial:



A lista foi um pouquinho ambiciosa, mas eu estava convencidíssima de que iria conseguir ler todos. Os livros escolhidos eram:

Coloquei-vos os links dos livros na Wook para que possam saber um pouco mais sobre eles, caso estejam interessados.

Já leram algum destes livros? Gostaram?





Boas leituras e um beijinho *
Pat ^^

Sinopse: Jude e o seu irmão gémeo Noah são inseparáveis. Aos 13 anos, Noah é um jovem tímido e solitário que adora desenhar. Jude, pelo contrário, é extrovertida, tagarela e sociável. Três anos mais tarde, tudo se altera. Jude e Noah mal falam um com o outro. Um trágico acontecimento afetou os gémeos de forma dramática… Até que Jude conhece Guillermo Garcia na Escola das Artes, um escultor ousado e bem-parecido que vai ter um papel determinante na vida dos irmãos. O que os gémeos não sabem é que cada um deles conhece somente metade da história das suas vidas e, se conseguirem reaproximar-se, terão a oportunidade de reconstruir o seu mundo. Este livro fulgurante da aclamada e premiada autora, Jandy Nelson, deixará o leitor sem fôlego, com lágrimas nos olhos e um sorriso nos lábios… tudo ao mesmo tempo.

Opinião: COMO EU QUERIA ESTE LIVRO! Já andava a cobiçá-lo desde que este tinha saído em inglês, mas uma vez que a edição que eu queria era um pouquinho cara, fui sempre aguardando e esperando que baixasse de preço. Foi o destino! Eu estava destinada a esperar que a Editorial Presença pudesse fazer-me uma pessoa feliz e publicasse este livro em português! E assim que saiu, eu não hesitei!

À primeira vista é impossível não admirar a beleza da capa deste livro: ela é simplesmente linda! Está repleta de cores vivas e alegres, salpicos de tinta com todas as cores do arco-íris que evocam os sentimentos mais positivos. Este é um aspecto muito interessante, uma vez que as personagens estão, na sua maioria, todas relacionadas com o mundo da arte, do desenho, da escultura e da pintura!
Neste livro é-nos contada a história de dois irmãos gémeos, Noah e Jude, que não podiam ser mais diferentes um do outro: Noah é um rapaz tímido, introvertido, com uma enorme paixão pelo desenho e pela pintura, que se apaixona por Brian, um interessante e, também, peculiar rapaz que mora na casa ao lado. Pelo contrário, Jude é uma rapariga alegre, extrovertida, sociável e destemida, que gosta de fazer surf, saltar de penhascos e mergulhar no mar. E apesar de serem quase o oposto um do outro são muito próximos. No entanto, passados três anos, o forte laço de amizade que partilham encontra-se quebrado e a proximidade que tiveram em tempos desapareceu. Algo de muito trágico aconteceu nas suas vidas que os quebrou e os afastou um do outro. E é muito interessante ver como estes irmãos mudaram tanto, passados três anos. É como se tivessem trocado de corpo, as suas personalidades dão uma volta de 180º e deixaram de ser eles próprios.

Esta história é contada a duas vozes, e portanto de duas perspectivas diferentes, e em dois períodos distintos das suas vidas: Noah conta-nos os eventos que ocorrem quando os irmãos têm entre os 13 anos e os 14, e conta-os da sua perspectiva, enquanto que Jude conta os eventos ocorridos quando os irmãos têm 16 anos. E à medida que a história vai avançando, o leitor vai andando para a frente e para trás, conhecendo assim o presente e o passado destas personagens, bem como os seus pontos de vista, e percebendo que, sem o saberem, Noah e Jude conhecem apenas metade da história das suas vidas. Portanto, ao contarem os eventos da sua perspectiva única, o leitor sabe que determinada situação que Jude, por exemplo, nos relata não aconteceu exactamente da forma que ela pensa ou pela razão que ela julga que aconteceu. Esta forma de escrita da autora é, na minha opinião, fantástica, uma vez que permite ao leitor interligar as diferentes situações explicadas nas duas perspectivas e nos diferentes períodos de tempo, ligando todos os pontos da história antes das personagens o perceberem.

A verdadeira reviravolta na história ocorre quando Jude conhece Guillermo Garcia, um famoso e ousado escultor e antigo professor de arte, que irá desempenhar um importantíssimo papel na história e na vida dos irmãos. 

Sei que terminei a leitura deste livro com um sorriso estúpido nos lábios e aconselho vivamente a sua leitura a toda a gente. Apesar de ser um livro claramente para adolescentes, todos nós já o fomos: já passámos as mesmas fases que os protagonistas, tivemos as mesmas sensações, os mesmos sentimentos, tivemos as mesmas dúvidas e inseguranças, e este livro explora todos esses aspectos de uma forma brilhante. Esta história de Jandy Nelson consegue ser tudo num só: consegue ser alegre e divertida, apaixonante e triste ao mesmo tempo; consegue deixar-nos com o coração leve e fazer-nos rir à gargalhada, e no minuto seguinte, consegue deixar-nos a um canto a chorar, emocionados e de coração agitado! 

Deixo-vos com a minha citação preferida deste livro e que faz tanto sentido, tanto no contexto desta história como fora dela. E sei que eu estava destinada a esperar pela publicação deste livro fantástico!!






Edição/reimpressão: 2015
Páginas: 336
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722355858

Classificação: 5/5 estrelas
Review no Goodreads



Olá a todos!
Hoje vou mostrar-vos as minhas aquisições de Julho. Agora que penso nisso, acho que me estiquei um pouquinho, mas em minha legítima defesa, a maioria dos livros foram oferecidos. Ainda assim, só quando os juntei todos é que tive verdadeira noção da quantidade de livros que chegaram à minha querida estante!

E as aquisições foram:


~

Pouquinhos, não é? 
Quanto mais digo que não vou comprar mais livros... Mas eu gosto tanto de ler que preciso mesmo de livros para viver! Pareço uma maluca a falar (desculpem lá qualquer coisinha), mas penso que alguns de vocês, certamente, entenderão estes meus sentimentos!

Ora então, os livros são:
  • Wayward Pines - Caos, de Blake Crouch
  • Cidade Sem Alma, de Ransom Riggs
  • A Rapariga no Comboio, de Paula Hawkins
  • Quando O Cuco Chama, de Robert Galbraith
  • Divergente, de Veronica Roth
  • Insurgente, de Veronica Roth
  • Convergente, de Veronica Roth
  • Quatro, de Veronica Roth
  • Eu Dou-te O Sol, de Jandy Nelson
  • O Poço da Ascensão, de Brandon Sanderson

Da Saga Crónicas de Gelo e Fogo:
  • A Glória dos Traidores, Volumes I e II
  • O Festim dos Corvos, Volumes I e II
  • O Mar de Ferro, Volume I
Vamos então às explicações?
Começando pelo Wayward Pines - Caos, este é o último volume da trilogia de Blake Crouch e uma vez que já tinha os outros dois volumes, precisava deste livro para saber a conclusão desta história, cujas respectivas opiniões colocarei muito em breve aqui no blog.

Quanto ao Cidade Sem Alma, é uma história algo curiosa, pois em conversa com o meu namorado, comentei com ele que teria de comprar a continuação de O Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares em inglês, uma vez que já tinha passado um ano desde a publicação em inglês e sensivelmente três anos desde a publicação do primeiro volume em português. E questionei-me se demoraria tanto tempo a publicar a sua continuação quando, para meu enorme espanto e felicidade, vi num grupo de livrólicos, no qual sou membro no Facebook, precisamente a anunciar a publicação, FINALMENTE, desta continuação em português. Aproveitei logo uma excelente promoção da Fnac que também se aplicava aos livros em pré-venda, e voilà! Mal posso esperar por começar a lê-lo, uma vez que o volume final desta trilogia sai já em Setembro em inglês.

O livro A Rapariga no Comboio adquiri semi-novo, pois com tanto hype à volta deste livro, devo confessar que estava MORTINHA de curiosidade para lê-lo. Algo que me chamou muito à atenção e que só reparei quando tive o livro nas minhas mãos é o toque da capa; é fantástico, parece veludo! Não sei que textura é aquela, mas adoro!!

Já o Quando O Cuco Chama, comprei pela imensa curiosidade que tinha em ler O Bicho da Seda que é a sua continuação. E como não dá jeito nenhum ler uma continuação sem o seu derradeiro início, acabei por aproveitar pois encontrei este livro, do qual já ouvi falar tão bem, com uma excelente promoção na Feira do Livro do Continente. E pronto, teve de vir, não é? Quando a promoção é boa, ninguém resiste!!

No que diz respeito ao mundo criado por Veronica Roth na saga Divergente (Divergente, Insurgente, Convergente e mais recentemente Quatro), sempre tive imensa curiosidade e vontade de começar melhor este mundo, porque sim, eu confesso, vi os filmes Divergente e Insurgente antes de ler!!! Eu sei que é um enorme erro, mas aconteceu e como nunca é tarde para nos corrigirmos, agora já não há desculpa para não conhecer este fantástico mundo! Estes 4 volumes foram comprados em segunda mão, mas apesar disso, estão como novos!

Em semelhante condição, adquiri O Poço da Ascensão de Brandon Sanderson, o segundo volume da trilogia Mistborn (que ainda estou para perceber se é realmente uma trilogia ou se passou recentemente a saga). Agora é só aguardar pelo lançamento do terceiro volume da trilogia, que irá sair no mês de Setembro em português, e depois faço uma maratona! MUAHAHAHA!

Quanto ao livro Eu Dou-te O Sol, de Jandy Nelson, foi uma história muito semelhante ao Cidade Sem Alma. Fui totalmente apanhada de surpresa! Queria ler esta história desde que esta tinha saído, na sua edição em capa dura pois sempre a achei linda, apesar do preço ser um pouco caro (rondava os 17/18€). Por isso, decidi sempre aguardar para que baixasse de preço quando, para minha imensa surpresa e felicidade suprema (eu sei que já disse isto neste post, mas não deixa de ser verdade), vi mais uma vez no fantástico grupo de livrólicos no Facebook que este livro iria ser publicado em português, e a edição não podia ser mais linda e fantástica e maravilhosa!
A edição de capa dura

Não é linda a edição portuguesa? Confesso que a acho muito melhor do que a edição de capa dura em inglês.

E finalmente, os volumes 11 a 15 das Crónicas de Gelo e Fogo. Comecei a fazer esta colecção de livros de bolso, mas na minha santa ignorância, só tinha os 10 primeiros volumes e desde que os adquiri que pensei e acreditei que tinha a colecção toda! Foi graças ao meu namorado que se deu ao trabalho de ler a contracapa do último volume que tinha (o volume 10) que nos apercebemos que, na verdade, eu tinha apenas metade da história. E graças ao Círculo de Leitores, estou agora a completar a minha colecção para, também com esta, fazer uma maratona. Eu sei que uma vez que começar a ler os livros, só vou querer ler e ler e ler e saber o que acontece a seguir. Claro que assim que terminar os 20 volumes (que em edição de bolso perfazem os 10 volumes portugueses) vou querer saber o que acontece a seguir, mas parece-me que ainda terei de aguardar muito para que o George R.R. Martin termine o sexto volume desta saga. Até lá, vou ficando com os capítulos que vão sendo divulgados.



Posto isto, dou por terminado o meu bookhaul, uma vez que este post já se está a tornar um pouquinho longo! Espero que tenham gostado! E digam-me, já leram algum destes livros? Se sim, recomendam? Gostaram? Deixem a vossa opinião, pois estou curiosa em saber!




Até ao meu regresso! 


Boas leituras e um beijinho *




Pat ^^



Olá a todos!
Tardou mas não falhou! Na altura do meu penúltimo post, não pude fazer o bookhaul pois ainda não tinha em minha posse todos os livros adquiridos no mês de Junho! E entretanto também tive exames na faculdade portanto acabei por ficar sem tempo nenhum para dar um pouquinho da merecida atenção a este meu singelo cantinho! No entanto cá estou eu e, sem mais demoras, apresento-vos: as minhas aquisições de Junho!!!



Como podem ver não foram muitos, mas tendo em conta que a feira do livro terminou a meio do mês de Junho, acho que mereço um desconto! Contudo, ainda me estiquei um pouquinho...
Ora portanto, os livros adquiridos foram:
  • Wayward Pines - Revolta, de Blake Crouch
  • Dracula, de Bram Stoker
  • Memórias do Silêncio, de R. D. Rosen
  • Os Bebés de Auschwitz, de Wendy Holden
  • O Império Final, de Brandon Sanderson


Vamos então por partes!

O livro Os Bebés de Auschwitz teve MESMO, MESMO de vir para a minha querida estante, uma vez que eu sou simplesmente doida por este género de temas, como já devo ter dito algumas vezes neste blog. Li a sinopse, fiquei doida e tive de o adquirir! Então quando descobri que a Wook (que é só boas promoções) estava a fazer a pré-venda deste livro com a oferta de outro livro, não pude resistir. A oferta à qual me refiro é o livro Memórias do Silêncio, que, à semelhança de Os Bebés de Auschwitz (que fala sobre três que chegaram a Auschwitz grávidas e deram à luz no campo de concentração), fala sobre três crianças que sobreviveram às atrocidades cometidas nos campos de concentração, durante a Segunda Guerra Mundial! Conseguem imaginar?

Seguidamente, O Império Final adquiri semi-novo através do OLX. Confesso que foi a minha primeira experiência do género e foi mesmo um grande negócio! Tive de aproveitar pois foi adquirido a um óptimo preço e estava mortinha de curiosidade para começar a ler esta história e iniciar-me na trilogia Mistborn, da qual ouvi falar TÃO BEM!

Quanto ao Wayward Pines - Revolta, tinha MESMO de o ter pois já tinha o primeiro volume da trilogia (ganho num passatempo da Wook)! Então aproveitei uma excelente promoção da Fnac (que coincidiu com a pré-venda deste livro) e voilà, lá veio este livrinho feliz e contente para a minha estante!!

E finalmente, o Dracula de Bram Stoker foi o primeiro (e até agora único) livro que adquiri inteiramente com dinheiro ganho e acumulado no Paypal, pois para quem não sabe, estou inscrita em alguns sites onde faço dinheiro a responder a inquéritos, outros a ver anúncios online ou a instalar aplicações no telemóvel. Comprei através do Book Depository pois sempre tive curiosidade de ler este livro, mas esperei por encontrar uma boa edição do livro e encontrei! Estas edições da Vintage Classics são simplesmente fantásticas !! É ou não é LINDÍSSIMA? Simples mas linda! 


E assim concluo o meu bookhaul de Junho! Espero que tenham gostado! Algum de vocês já leu algum destes livros?

Amanhã voltarei com o meu bookhaul de Julho e mais umas opiniões!
Até ao meu regresso!
Um beijinho *



Pat ^^




Pat Silva. Com tecnologia do Blogger.
Featured